Pular para o conteúdo principal

Mc Música e o filme da vida real

              Desde o dia em que eu ouvi walk this way do aerosmith, coloquei em minha cabeça que queria desenvolver um projeto misturando rap, rock e elementos de música clássica. O tempo foi passando e o projeto ficou arquivado até o início de 2014, quando resolvi criar um "piloto", ou melhor, um single, para ter um feedback e ao mesmo tempo ver o projeto idealizado. No início, planejei fazer primeiro a letra, mas de maneira muito diferente do que costumo fazer, ao invés de basear a música em metáforas e ironias abrindo espaço para múltiplas interpretações como costumo fazer, resolvi "tentar" ser o mais direto possível, criando e utilizando frases de fáceis interpretações, incluindo provérbios e ditados populares. Durante mais ou menos uns dois meses fui anotando ideias soltas, até preencher diversas folhas de um caderno.
               Em 2015 comecei um projeto muito ambicioso, o qual envolve muita pesquisa de história e artes, estou desenvolvendo um novo trabalho, mas que ficará pronto depois de 2020 e olhe lá ... está me tomando muito tempo, mas sei que no final vai valer a pena. Para realizar este projeto tive que me aprofundar mais ainda no estudo do violino, o que me toma mais tempo ainda. Por que estou escrevendo isso? Porque essa é a causa a qual não me dediquei muito tempo à essa música (Mc música e o filme...) Ao invés de criar arranjos com elementos de música clássica, resolvi usar trechos de músicas como samples.
                  Continuando então a história do Mc Música, quando estava com a letra na mão, fiz toda gravação em dois dias. Primeiro botei uma bateria nos moldes de walk this way com um sequenciador de virtual sound, depois gravei a linha do baixo, depois fui imaginando que trechos de músicas clássicas poderia encaixar, e fui encaixando, daí gravei a voz, mudei o baixo, encaixei músicas, mudei a voz....fui fazendo uma montagem de quebra-cabeças, quando achei que ficou legal, liguei a guitarra e a gravei num único take, e voilá, a música estava pronta. No fim ela ficou com uns elementos hard rock, um baixo com muito groove e melodias clássicas gerando contrapontos muito interessantes.
               Na contramão de músicas que só falam de bunda, dor de corno e outras porcarias, com arranjos medíocres, e padrões estéticos, tá aí, algo diferente e com mais qualidade e ousadia. Obrigado!


Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Adquira já o CD "Isis e outras versões"

O CD "Isis e outras versões" pode ser adquirido com frete gratuito através dos links abaixo:

Mercado Livre

Cifra e tablatura para viola da música Luar do Sertão de Tonico e Tinoco

CLIQUE AQUI PARA VER A LISTA COMPLETA DE CIFRAS E TABLATURAS INÉDITAS!
Henrique de Falla é professor de viola na escola de música em São Bernardo do Campo Espaço Livre Musical. Localizada na Av. Prestes Maia, 1187 - sobreloja  Tel. +55 11 3380-1717
Acesse:
http://www.espacolivremusical.com.br
http://www.henriquedefalla.com


Cifra e tablatura corrigida da música Índios do Legião Urbana

CLIQUE AQUI PARA VER A LISTA COMPLETA DE CIFRAS E TABLATURAS INÉDITAS!
Henrique de Falla é professor de violão na escola de música em São Bernardo do Campo Espaço Livre Musical. Localizada na Av. Prestes Maia, 1187 - sobreloja  Tel. +55 11 3380-1717

Acesse:
http://www.espacolivremusical.com.br
http://www.henriquedefalla.com